Luciano Camargo chocou os fãs ao aparecer muito mais magro e sarado durante o Carnaval carioca em 2016. Ele revelou que perdeu 37kg nos últimos 2 anos e conseguiu conquistar o corpo que sempre sonhou unindo uma rotina de exercícios físicos com a dieta PronoKal.

Ainda pouco conhecida no Brasil, ela é rica em proteína, mas é diferente da “famosa” e polêmica Dukan, já que esta incentiva o consumo de proteínas gordurosas, e a PronoKal não, por isso tende a ser mais saudável e eficiente.

Para saber mais sobre essa dieta, que faz a pessoa emagrecer entre 7 até 10 kg no primeiro mês, entrevistamos Fernanda Caldeira, nutricionista-chefe do método no Brasil, que revelou como ela é feita, seus benefícios, como é o processo de emagrecimento e suas contraindicações; confira!

Como é feita a dieta pronokal?

“O Método PronoKal é um programa personalizado de perda de peso e reeducação alimentar, com controle médico e baseado em uma dieta proteinada (na primeira etapa). O objetivo é perder peso de forma rápida e segura, e manter os resultados obtidos em longo prazo. Essa manutenção é conseguida por meio da adaptação fisiológica e do apoio constante de nossa equipe multidisciplinar, formada por médicos, nutricionistas, profissionais de educação física e especialistas em coaching emocional.


O Método tem três etapas: ativa, adaptação fisiológica e manutenção. A etapa ativa baseia-se uma dieta baixa em carboidrato e em gordura, mas com a quantidade de proteína adequada, para que o paciente perca peso sem perder massa muscular. Já na etapa de adaptação fisiológica, os alimentos são reintroduzidos gradativamente, fazendo uma transição para o reequilíbrio nutricional e metabólico. Por último, a etapa de manutenção trata-se de uma dieta equilibrada, para que o paciente mantenha o peso atingido”.

Através de quais mecanismos acontece o emagrecimento?

“Através dos dois mecanismos, sendo a diminuição do carboidrato o principal deles, pois esta diminuição irá levar o organismo a entrar no estado de cetose.
Explicando em linhas gerais o estado de cetose, nosso corpo queima preferencialmente carboidrato para produzir energia. Mas, como a dieta PronoKal é baixíssima em carboidrato, haverá uma adaptação do organismo, que passará a queimar basicamente gordura para produção de energia. Ao queimar gordura, alguns resíduos serão produzidos, chamados de corpos cetônicos. Após o início da dieta, demora cerca de 3 dias para a entrada em cetose. Nos primeiros dias, o paciente poderá sentir um certo cansaço ou dor de cabeça, porém, esses sintomas são transitórios. Assim que o paciente entrar em cetose, esses sintomas desaparecerão e o paciente se sentirá bem, perdendo peso rapidamente e sem sentir fome.


Além de perder peso muito rapidamente, outro ponto fundamental do Método PronoKal é proporcionar que esta perda de peso seja basicamente de massa gorda, poupando ao máximo a massa muscular. Isto ocorre devido ao fornecimento de proteínas de alto valor biológico em quantidades adequadas, mantendo o balanço nitrogenado em equilíbrio”.

Qual a diferença entre a dieta Pronokal e a dieta da proteína?

“A dieta PronoKal é normoproteica e hipolipídica, ou seja, fornece proteína em quantidade adequada (sem carência, nem excesso) e é baixíssima em gordura. Já a dieta da proteína é hiperproteica e hiperlipídica, logo, oferece proteína e gordura em excesso, que muitas vezes leva à sobrecarga renal e/ou hepática e pode trazer complicações. Na dieta proteinada, como a quantidade de proteína é adequada, não existe sobrecarga renal e/ou hepática, sendo de aplicação segura.
Além disso, a dieta proteinada oferece uma perda de peso maior do que a dieta da proteína, por ter menos gordura e valor calórico muito menor. A única semelhança entre as duas é que ambas são baixas em carboidrato (cetogênicas)”.

Quanto é possível emagrecer com esta dieta?

“Seguindo uma VLCD cetogênica (dieta proteinada), a perda de peso é muito expressiva, e pode ser vista logo no início do tratamento, o que é um grande incentivo para quem tem muitos quilos a perder. Em média, a perda varia de 7 a 10 kg/mês, sendo basicamente de massa gorda. Lembrando que esta perda é controlada, sendo segura e eficaz”.

Fonte: Caras
Matéria completa: http://bit.ly/29QH1pO