A celulite é, sem dúvida, uma das principais insatisfações da mulher. Resultado do aumento das células de gordura, do comprometimento da circulação e da degeneração do tecido adiposo, o problema se caracteriza por uma irregularidade da pele, com aspecto similar ao da casca de laranja, cujas ondulações podem ser grandes e, até, dolorosas.

Que atire a primeira pedra, a mulher que não tem ou nunca teve uma! De acordo com a Dra. Mirele Tavares, especialista em obesidade, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Nutrologia, uma das armas mais eficazes contra esse pavor feminino é a ‘cetose’, estado metabólico que favorece a perda de peso, eliminando basicamente gordura. “Quando o corpo entra em ‘cetose’, ele passa a obter energia utilizando seus depósitos de gordura. Com isso, os músculos são preservados e é possível obter uma melhor composição corporal”, afirma.

A médica faz essa constatação após acompanhar o emagrecimento de várias pacientes, através do Método PronoKal, uma evolução das dietas cetogênicas. Segundo a especialista, para promover a ‘cetose’, o tratamento europeu – criado por médicos – tem início com uma fase ativa, na qual privilegia o consumo de proteínas de alto valor biológico e a redução da ingestão de gordura e carboidratos. “O processo começa cerca de 48 horas depois do método ser iniciado. Além do efeito direto sobre a celulite, a cetose é psicoestimulante, portanto há uma sensação de vitalidade, o que impulsiona o paciente a continuar a dieta, sem fome e mais disposto a praticar atividade física”, diz.

De acordo com a especialista, depois da etapa cetogênica, o método passa por uma fase de adaptação fisiológica, na qual são reintroduzidos no cardápio, de forma gradual, os alimentos convencionais, o que ajuda a manter o peso perdido a longo prazo. “O paciente estabelece uma nova relação com o alimento e é estimulado a mudar o estilo de vida. Isso é feito através de uma abordagem multidisciplinar, com a orientação de nutricionistas, profissionais de educação física e de coaching emocional. Nesta adaptação, quem segue o programa já se adaptou com alimentos leves e saudáveis e com volumes muito reduzidos, portanto fica muito mais fácil manter o peso e, assim, evitar a celulite”, garante.

Fonte: Dino Divulgador
Matéria completa: http://bit.ly/29QPsS8